Tomando Consciência

Naquela madrugada acordei e pedi ajuda para meu marido, vi que minha situação não estava normal e que eu estava entrando em um estágio de mania. Pedi desesperadamente para ele me levar para um pronto-socorro. Ele pediu para eu manter a calma, eu só sabia que não queria entrar em um nova crise. Entrei em contato com o pronto-socorro que costumo ir e eles falaram que não tinha psiquiatra de plantão, teriamos que aguradar em torno de 2h. Achei melhor esperar o dia amanhacer e ir em alguma clínica psquiatrica. O médico que tinha me atendido na minha primeira crise estava internado a meses por conta de um cancêr.

E assim logo que acordamos entramos em contato com uma clínica que tinha psiquiatra de plantão visto ser período de festas. Conseguimos um encaixe e naquele dia às 15h da tarde estávamos lá.

O médico que nos atendeu foi muito atencioso e falou que é muito comum acontecimentos como esse por conta de pacientes questionarem o diagnóstico. Falei o quanto eu estava com medo, não queria que essa crise se transformasse numa crise psicótica. Ele falou para ter calma que isso não aconteceria de uma hora para outra.

Ele conversou comigo e com meu marido e deu as receitas para os medicamentos. Passamos na fármacia compramos tudo direitinho, eu estava disposta a tomar os medicamentos necessários para minha recuperação.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s